"Crise de Consciência" é o primeiro livro de Raymond Franz, ex membro do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová, que havia deixado o movimento em 1979, publicou o livro em inglês em 1983 pela editora Commentary Press de Atlanta, EUA, e em português do Brasil pela Editora Hagnos, São Paulo, em 2002. Esta edição atualmente está esgotada, mas o livro está disponível em formato eletrônico. Apresenta o relato dos quarenta anos do ministério de tempo integral de Raymond Franz, ao serviço da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (dos EUA), incluindo os 9 anos que serviu como membro do Corpo Governante das Testemunhas de Jeová. Segundo os editores é "uma visão penetrante do conselho supremo de uma religião e seu dramático poder sobre vidas humanas". Afirma explicar documentadamente o funcionamento das reuniões da liderança da religião, e como seriam tomadas as suas decisões. O simples fato de uma Testemunha de Jeová possuir este livro supostamente pode resultar numa ação judicativa e sua expulsão da religião.
Para fazer download do livro clique no link abaixo:



"Em Busca da Liberdade Cristã", (In Search of Christian Freedom - 1ª edição em inglês em 1991, 732 páginas) é o segundo livro de Raymond Franz que relata suas experiências pessoais relacionadas com o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová e seus pontos de vista sobre os ensinamentos dessa denominação religiosa.
Para fazer download do livro clique no link abaixo:



3 comentários:

  1. Boa noite, gostaria de saber a possibilidade de postar um PDF upload sobre imagens subliminares da torre.

    ResponderExcluir
  2. estou gostando bastante,pois gosto de estudar apologética cristã, Deus continue levantando pessoas com coragem e disposição para defender a fé cristã.
    meu nome é Ismael lopes.Amém.

    ResponderExcluir

Esse espaço é para um diálogo construtivo...agressões, palavrões ou mesmo ataques pessoais vão ser solenemente excluídos. Comentários que tem uma base de raciocínio e um desejo sincero para aprofundar sobre os temas citados serão muito bem recebidos e publicados. Seria interessante (não obrigatório)ao postar o usuário se identificar!